Pesquisa:

Comentários Postados em 2011

voltar Comentar Imprimir

 

Veterinary comentou: janeiro 5th, 2011 at 11:41 am

Found your site on del.icio.us today and really liked it.. i bookmarked it and will be back to check it out some more later


Samuel Vianney da Cunha Pereira comentou: janeiro 8th, 2011 at 10:54 am

A propósito do a(ss)cento de S(ê)erro. Sucedeu em 1971. Cursava a 4a série no Ginásio Ministro Edmundo Lins. O Prefeito do S(ê)rro era o Zezé da pharmácia. Ele acabara de mandar construir uma pequena praça em frente à sua residência onde havia um barranco que dava para o quintal das casas localizadas ao lado da Igreja da Santa Rita.Naquele barranco foi implantada com letras forjadas em concreto a imensa e altaneira palavra Sêrro "com acento". Veio a lei do ministério da educação dos militares proibindo o acento.Alvoroço na cidade. A lei era para ser cumprida, ainda mais tendo sido emanada pelos militares. Provavelmente fora editada pelo mais "culto" deles, o coronel Jarbas Passarinho.Porém, muitos entenderam que seria proibido o "assento" e não o "acento". Dissemina-se na cidade a idéia de que talvez sem poder ficar "assentado" em berço esplêndido a nossa querida cidade natal se desenvolveria mais rapidamente.
O Zezé mais que rapidamente como um prefeito atento às leis mandou retirar o acento da inscrição Sêrro no barranco. Neste momento todos se deram conta de que a lei se tratava de "acento" e não de "assento". Para o alívio de todos continuamos até hoje, então, assentados em "assento" esplêndido.


Samuel Vianney da Cunha Pereira comentou: janeiro 9th, 2011 at 11:30 pm

Caro Feiz, Como voce alerta apropriada e sabiamente em seu artigo,já ouvi de pessoas que não conhecem nossas tradições,em especial aqueles de outros estados do Brasil, referirem-se ao S(ê)rro como S(é)rro. Alio-me á sua campanha pela volta do acento e na carona,pela supressão do "assento esplêndido".


Marilena de Miranda Nunes comentou: janeiro 10th, 2011 at 12:10 am

Após ler uma belíssima mensagem, enviada a mim por uma amiga de viagem, só me resta comentar hoje: Eu gosto de você!


Maria das Graças Domingues comentou: janeiro 13th, 2011 at 9:39 am

Bom dia, maravilha realmente, estou encantada,parabens,meu irmão, atual presidente da academia de letras daqui de São João del Rei ficou maravilhado,aguarde,"José Claudio Henriques"agora a lembrança de quem sou. "Sou chef de cozinha" da Pequena Tiradentes.Grande abraço.


Rachat de credit comentou: janeiro 16th, 2011 at 6:34 am Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci. - Daniel


Leila Gontijo comentou: janeiro 27th, 2011 at 10:22 pm

Maria Geralda me emocionou com sua homenagem à filha querida que acabou de se formar! Mães se pudessem colocariam os filhos na fôrma eternamente! Quando formam batem as asas e nos deixam. Mas somos como um porto seguro pois estamos sempre ancorados para recebe-los!!!!!!!!!!!!!


Maria Geralda Neves comentou: janeiro 30th, 2011 at 10:58 am

Sr. Feiz! O senhor anda espalhando por aí que sou "filóloga"?!!(comentário 171). Não faça isso, por favor… isso não é verdade… Sou apenas alguém que, no modesto ofício de revisora - parafraseando Adélia Prado (no poema "Antes do nome")- adora mergulhar no "caos de onde emerge a sintaxe, os sítios escuros onde nasce o 'de', o 'aliás', o 'o', o 'porém' e o 'que', esta incompreensível muleta que me apóia". Afinal, "Quem entender a linguagem, entende Deus, cujo filho é o Verbo" (ibd.), e eu não tenho essa pretensão. Obrigada pela publicação de meu poema em seu blog e pelos elogios - de todos. Abraços, Maria Geralda


Beatriz Tolentino comentou: janeiro 30th, 2011 at 11:22 am

Que lindo!!!!! Amei! Faço totalmente minhas as suas palavras!! Com a liçença da Maria Geralda, entrego ao meu filho querido essa homenagem!!!


FREDERICO NUNES comentou: janeiro 30th, 2011 at 8:56 pm

CARO E QUERIDO TIO FEIZ, APÓS LER ALGUMS TRECHOS DO SEU BLOG, FIQUEI SENSIBILIZADO COM ALGUNS POEMAS E CONTOS.DIGO QUE SE TRATAM DE VERDADEIRAS LIÇÕES DE VIDA, ENCONTRANDO-SE EM CADA ESCRITO UMA MENSAGEM DE ENSINAMENTO. AO LER OS SEUS ESCRITOS,ORGULHO-ME DE SABER QUE MUITAS DAS PALAVRAS ESCRITAS ME FORAM DITAS PESSOALMENTE PELO SENHOR,COM SUAS DOCES PALAVRAS EM NOSSAS LONGAS CONVERSAS. PARABÉNS PELO SEU BLOG,MATERIAL RIQUÍSSIMO EM CULTURA,NÃO PODENDO DEIXAR DE DIZER:"DOUTOR,AQUI ESTÁ O SEU CHAPÉU". UM ABRAÇO CARINHOSO, FREDERICO NUNES VARGINHA-MG


Marcella Bebiano comentou: fevereiro 9th, 2011 at 10:10 am

Caro Sr. Feiz, li e gostei bastante da crônica A sucessão do Coronel Franceso, de forma sutil e delicida o sr. conseguiu demonstrar grande parte da ambiciosidade existente em muitos dos bancárioss!!! Aos poucos irei conhecendo mais dos seus textos e volto a comentar com mais calma! um grande abaraço Marcella Bebiano BH-MG


Marilena Miranda Nunes comentou: março 4th, 2011 at 8:38 pm

Feiz, mais uma vez visitando seu blog e me deliciando com êle, lendo ou relendo algo, fico a ouvir sua voz pausada e educada no vídeo que mostra nossa terra, nossa Serro linda e querida. É doce ouvir palavras tão bem colocadas em frases bem feitas, ditas por você, retratando a antiga Vila do Príncipe. A saudade toma conta de mim e me invade inteira, leva-me até o morro mais alto da cidade. Como numa visão momentânea eu vejo um belo quadro ao longe, vislumbro a minha terra tão pequenina e tão grande, avisto as torres das igrejas centenárias, os telhados dos casarões, as ruas estreitas, as ladeiras, as palmeiras da praça e quase choro. Lembro-me de pessoas e fatos, a saudade aumenta… Mas visões passam rápido e então percebo que estou aqui, o Serro está lá…Eu estou aqui e lá, porque a minha terra não sai de dentro de mim, nunca… Obrigada, a você e ao Félix pela oportunidade que me deram de rever o Serro através do filme, todas as vezes que eu sentir saudades de lá. Um grande abraço da prima e amiga e admiradora, Marilena


NUNES comentou: março 9th, 2011 at 6:32 pm

Você tem mesmo razão. Lá se vão alguns anos sem que eu tenha recebido ou enviado carta alguma. O famigerado e-mail ocupou tal lugar. Nunes


Patrícia Gonçalves comentou: março 17th, 2011 at 6:44 pm

Querido companheiro, o blog tá cada vez mais legal. Parabéns. Abraços Patrícia


Paulo Torres comentou: março 22nd, 2011 at 10:08 am

Caro Feiz É fantástico quando enxergamos o sublime presente em cada ser humano, suas palavras estão em comunhão com o universo que faz parte de cada um de nós. Isso sim eu considero a verdadeira arte, o poder de realizar o invisivel,o intocavel e mesmo assim ser a pura verdade. Parabéns vc é um poeta Paulo Torres


Ivan Capdeville Junior comentou: março 23rd, 2011 at 9:20 pm

Caro Feiz: Fiquei feliz por minha posse no Rotary ter contado com sua presença. Sua inteligência, agudeza de percepção, visão empreendedora me encantaram. Obrigado! Espero ansioso por novas oportunidades de trocarmos ideias sobre Serro, Caderneta, Pierre, Business Games, oratória e discursos, enfim, sobre a vida, e o que ela tem de mais belo: a sabedoria de quem, como você, construiu uma trajetória admirável. Abraço, Ivan


IVANEI DA SILVA DE SOUZA comentou: abril 1st, 2011 at 7:58 am

Gostei muito da Materia que fala sobre o Escandaloso custo de um Blog, vamos solicitar esse auxílio para o Blog do Sr. Também, não custa nada né!! Abraços,


FRANCISCO comentou: abril 1st, 2011 at 3:40 pm

SR. FEIZ, SAO TANTOS OS MANDOS E DESMANDOS NESTE PAIS, QUE COM CERTEZA, MARIA BETHANIA PROVAVELMENTE FICOU COM APENAS PARTE DESTE VALOR.A CORRUPCAO FICOU COM O RESTO.


Renata Rêda comentou: abril 6th, 2011 at 10:43 am

Carissímo Feiz, Mais uma oportunidade para deixar de queixo caído qualquer "idiota inculto e ignorante".Diante do esclarecimento sobre a premiação à cantora Maria Bethânia, gostaria de partilhar com o Sr. a tristeza de também ser uma idiota e me desculpar pela demora em me manifestar. Um grande abraço.


Otacílio Ferreira Cristo comentou: abril 11th, 2011 at 9:50 am

Companheiro Feiz: O seu blog está se transformando em um excelente material de leitura. Por que não publicar em livro esse excelente conjunto de especial significação?


Carlos Lúcio Generoso comentou: maio 6th, 2011 at 11:41 pm

Caro Feiz Acabei de ler o livro "Caminhos da Memória" aliás acabei de saborea-lo.Me senti um viajante no tempo.Que visgo é este que nos prende quando ouvimos a palavra Serro? O autor descreveu com maestria o sentimento de todo serrano migrante. Saimos do Serro mas ele não sai da gente e voces captaram a alma do serrano através deste documentário. Parabéns. Carlos Lúcio Generoso Belo Horizonte


Melanie comentou: maio 7th, 2011 at 1:45 pm

Olá Como consta logo acima me chamo Melanie, tenho 15 anos e sou estudante. Sabe, não sou muito de visitar blogs, mas a pedido de um trabalho de escola no ano de 2010, no qual eu deveria pesquisar algum tipo de blog, e descrevê- lo, decidi procurar um blog literário, pois gosto muito de ler, desde poesias a colunas de jornais, então encontrei o blog do senhor, decidi então acessá-lo, e se eu gostasse faria o meu trabalho baseado em seu blog. Então, ao acessar fiquei muito contente, pois o achei incrível, é um blog muito interessante e muito bem estruturado, transmite ao leitor a realidade, e de maneira que todos possam compreendê-lo. Eu notei que o senhor preocupa-se com a opinião de seus leitores com relação ao conteúdo do blog , o que é muito importante, pois através disso eu e outras pessoas podemos relatar o nosso ponto de vista. Seu blog tem um belo design,e é diversificado, pois não aborda sempre o mesmo assunto, ou apenas sobre o senhor - sua coletênea é muito boa- quando leio seus recados, pensamentos e poemas é como se o senhor estivesse realmente falando comigo, e eu sei o por quê disso, é pela bela interpretação que seus textos podem nos transmitir. Então a partir de tudo isso, tomei como base o seu blog e criei meu trabalho de descrição. Resolvi fazer este comentário pois estou fazendo novamente aquele trabalho, constatando também o que tem de novo em seu blog. Atenciosamente Melanie.


Melanie comentou: maio 7th, 2011 at 1:52 pm

Curitiba- PR Desculpe-me não colocar anteriormente de onde sou. Melanie.


WESLEY JOSÉ NUNES ARAÚJO comentou: maio 11th, 2011 at 9:48 am

LINDO ESTE DOCUMENTÁRIO SOBRE O SERRO, PARABÉNS ESTA MESCLADO EM PARTES ANTIGAS E NOVAS. SOU FILHO DE PAULO DA LOTERIA NETO DE JAIR DA LUZ, SE O SR TIVER FOTOS QUE TENHA NEU AVÔ OU MEU PAI PODERIA ME ENVIAR PELO E-MAIL A CIMA ESTOU TENTANDO FAZER UM DOCUMENTÁRIO SOBRE ELES, SEPARADAMENTE. ESTAMOS TODOS DA COMUNIDADE NO FACEBOOK SERRANOS NO MUNDO PROCURANDO REGISTROS DA IGREJA DA PURIFICAÇÃO, SE O SR TIVER TAMBÉM SERIA ÓTIMO TR UMA CÓPIA. OBRIGADO POR ESTA MARAVILHA DE VÍDEO..ABRAÇOS


Wesley José Nunes Araújo/ Serro/ BH comentou: maio 11th, 2011 at 9:58 am

O filme retrata uma grande parte da época em que eu ainda morava lá. Quando com Zé de Rita, Zulu, Gentil, e tantos outros saíamos pelas noites do Serro distribuindo Serenatas de casa em casa, pelos becos e ruas frias alegrando ainda mais o nosso Serro Frio. Obrigado pela recordação! Parabéns


Acne comentou: junho 8th, 2011 at 1:16 pm

Amei este artigo!!! meus parabens por este grande artigo, Amei tambem o tipo neste website


Marco Antonio Borges- Promotor de Justiça Titular em Belo Horizonte comentou: junho 26th, 2011 at 5:06 pm

O Companheiro Feiz ex-Presidente do Rotary Club de Belo Horizonte, consegue com seu jeito manso e acalentador de bom mineiro do querido Serro, trazer a nós a sabedoria da mais pura cultura Brasileira, com a simplicidade daquele que vivido como é, pode nos dizer com propriedade o que é a vida e o que é viver! Conversar com Feiz é sugar cultura com a doçura do mel; é como beija-flor deliciando-se na mais tenra e saborosa flor encharcada de néctar… Parabéns Feiz! Aqui em seu Blog você faz o que mais sabe fazer: unir pessoas e pensamentos com sabedoria e cultura! Um abraço do admirador, amigo e companheiro de Rotary MARCO ANTONIO BORGES Promotor de Justiça Titular em Belo Horizonte Ex-Presidente do Rotary Club de Belo Horizonte Vice-Presidente do Centro da Comunidade Luso-Brasileira


FRANCISCO comentou: novembro 21st, 2011 at 4:01 pm

SR. FEIZ, ENTREI NO BLOG, ESTA CADA DIA MAIS COMPLETO. CONTINUO GOSTANDO MUITO. PARABENS, FRANCISCO -.


FLÁVIA ANDRADE comentou: novembro 30th, 2011 at 9:03 pm

Mr. Feiz, até que enfim tive um motivo para teclar algumas palavras neste seu espaço… se bem que fiquei muda com a surpresa e a gentileza. Obrigada por compartilhar das suas histórias, por fazer parte das memórias de bons momentos. Dia memorável este 30/11/2011 no qual recebi um presente tão especial. Desejo-lhe Felicidades, Saúde e Disposição para continuar vivendo cada momento da vida como um presente divino, de forma intensa, legítima, com Alegria, com o Coração. Um abraço da sua amiga, Flávia Andrade.


FLÁVIA ANDRADE comentou: novembro 30th, 2011 at 9:18 pm

Ao ler estes artigos me lembrei da música: "Saudade, palavra triste quando se perde um grande amor, Na estrada longa da vida eu vou chorando a minha dor, Igual a uma borboleta vagando triste por sobre a Flor…." Mas, infelizes aqueles que não têm saudade, não têm embranças, nem histórias para contar. Geralmente nosso primeiro Amor são nossos Pais, mas, ao que parece, o AMOR à Terra Natal é algo que pouco se desenvolve no século XXI, ue advém das raízes. Pena aos que não tiveram este privilégio. E, Felizes os que para a vida toda carregam na alma a alegria de pertencer a um chão, a uma terra onde seus passos foram desenhados, registrados para sempre na memória da alma. Abraço, Flávia Andrade.


João L. Caser comentou: dezembro 6th, 2011 at 4:44 pm

Prezado Feiz, Saudades daquelas conversas, rápidas mas sempre proveitosas, com o sr. no cafezinho da Pequena Tiradentes, no Natal/2010. Neste final do ano eu e Elierth seguimos, de carro (é o meu passeio favorito) para passar o Natal em Gramado. Obs.: talvez, não seja esse o local para o comentário, mas foi o que encontrei. Um ótimo Natal e Ano Novo para o sr. e familiares. Abraços, Caser Vitória/ES


Juliana Nunes Monteiro comentou: dezembro 13th, 2011 at 3:55 pm

Oi Feiz, Sou filha do Ary Monteiro, meu pai quer o seu e-mail. Um abraço e parabéns pelo blog


Dilcilene Moreira Pacheco comentou: dezembro 14th, 2011 at 2:24 pm

Prezado Sr.Feiz Nagib, Segue aqui uma declaração de amor de uma conterranea "mestiça" apaixonada pelo Serro, que conheci há apenas alguns anos, mas que de alma e coração considero-me nascida ,terra que hoje acolhe em seu seio, parte da minha história. Saudades desta terra, retratada com tanta perfeição. Parabéns! Dilcilene - Contagem - MG


Dilcilene comentou: dezembro 15th, 2011 at 6:56 pm

Boa Noite! Agora, sobre as metas, ao ler pensei, é e em 2012 começa tudo de novo … rsrsrsrsrs


Carlos Eduardo Leão comentou: dezembro 22nd, 2011 at 3:01 pm

Caríssimo Feiz, Agradeço pelo "Elóquios". Felizmente, para os amantes da escrita edificante, estas páginas não foram rasgadas. O seu discurso por ocasião do Título de Cidadão Honorário de Belo Horizonte, honraria que também possuo, é o ponto alto de um livro denso, profundo, bem editado e, sobretudo, elegante. Parabéns. Aproveito para desejar-lhe, juntamente com Maria Helena, filhos, netos, genros e noras, todos eles meus amigos queridos, um grande Natal e um 2012 impecável. Desse amigo sempre, Leão.