Pesquisa:

Para Maria Helena

voltar Comentar Imprimir

 


Para aquela com quem compartilho os dias - todos - de minha vida.

Pouco importa que o tempo vá passando,
Que os outonos e invernos se renovem…
As horas e os dias sempre correm,
Mas nunca correm pra quem está amando.

Eu sei que as horas passam e os dias morrem.
Eu sei que a vida segue caminhando.
Mas quem vive de amar é sempre jovem,
Pouco importa que o tempo vá andando.

Embora a demorada travessia,
Tu és pra mim a do primeiro dia,
E assim te quero e amo, e assim te vejo.

Pois tenho em mim parado, até agora,
Um relógio marcando a mesma hora
Em que me destes teu primeiro beijo!

P.S. À guisa das rosas que não te pude trazer neste teu dia.

Feiz Bahmed - SP, 12 de outubro de 1971.